Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page



ONLINE
1


Partilhe este Site...



Total de visitas: 287955
Para Entender a Terra - Capítulos
Para Entender a Terra - Capítulos

Para Entender a Terra 


3- Minerais: constituintes básicos das rochas

O que é um mineral?
Uma substância natural , sólida, cristalina, geralmente inorgânica, com uma composição quimica específica.


O que é ligações iônicas?
Elementos de cargas opostas se atraindo, cátios e ânions.


Ligações covalentes?
Ligações em que elmentos não perdem ou ganham eletros mas compartilham , tornando o composto mineral muito estável (ex: diamente)


ligações métálicas?
Quando alguns elétrons são trocados e outros compartilhados temos uma convalente/metálica


O que são polimorfos? "estrutura atômicas de um mesmo composto químico" 
Dois ou mais minerais de mesma composição química e com formas e estruturas cristalinas diferentes são ditos minerais polimorfos ou alomorfos.

Exemplos de polimorfismo: alumossilicatos (Al2SiO5) metamórficos: andalusita, cianita, sillimanita; diamante e grafite (C); quartzo alfa, quartzo beta e coesita (SiO2). http://sigep.cprm.gov.br/glossario/

Quimicamente, como são definidos os minerais e quais os grupos aniônicos que os definem? 

Diz-se de agentes tensioativos que possuem grupamentos funcionais e que fornecem íons negativos.

"Um tensoativo aniônico é um agente tensoativo, como um surfactante que possui um ou mais grupos funcionais que ionizados em solução aquosa produz íons ..."

silicatos
carbonatos
oxidos
sulfetos
sulfatos

Todos os minerais anionicos

A imagem pode conter: texto
http://www.rc.unesp.br/museudpm/banco/introducao.html

CLASSIFICAÇÃO DOS MINERAIS

A classificação apresentada a seguir, baseia-se na composição química do mineral e, na sua divisão mais ampla, compreende 12 clases.

1) Classe dos elementos nativos: Cerca de 20 elementos se encontram como minerais sob forma não combinada, dizendo-se que ocorrem no estado nativo. Estes minerais são divididos em metais; semimetais e não-metais.

A) Metais: Au (ouro); Ag (prata); ** (cobre); Pb (chumbo); Pt (platina); Pd (paládio); Ir (irídio); Os (ósmio); Fe (ferro) e Ni (niquel).

B) Semimetais: As (arsênio); Sb (antimônio); Bi (bismuto); Se (selênio) e Te (telúrico).

C)Não-metais: C (carbono = diamante ou grafita); S (enxofre).


2) Classe dos sulfetos: Consiste, na maior parte, em combinação de vários metais com S, Te e Se. A maioria dos minerais metálicos estão nesta classe.

exemplos: Ag2S = argentita Cu5FeS4 = bornita

PbS2 = galena CuFeS2 = calcopirita

ZnS = esfalerita AuTe2 = calaverita

HgS = cinábrio As2S3 = ouro-pigmento

FeS2 = pirita (Au,Ag)Te2 = silvanita

MoS2 = molibdenita.


3) Classe dos sulfossais: Minerais compostos de Pb, ** ou Ag em combinação com S e Sb, As ou Bi.

exemplos: Ag3SbS3 = pirargirita Ag3AsS3 = proustita

(**,Fe,Zn,Ag)12Sb4S13 = tetraedrita Cu3AsS4 = enargita.


4) Classe dos óxidos: Minerais onde ocorre metal em combinação com oxigênio. Subdividem-se em:

A) óxidos simples:Cu20 = cuprita SnO2 = cassiterita

H2O = gelo UO2 = Uraninita

Al2O3 = coríndon Fe2O3 = hematita

Al2O3 = rubi(vermelho); safira(azul); topázio oriental

(amarelo); esmeralda oriental(verde).

B) óxidos múltiplos:MgAl2O4 = espinélio FeCr2O4 = cromita

BeAl2O4 = crisoberilo.

C) hidróxidos:Mg(OH)2 = brucita MnO(OH) = manganita.


5) Classe dos halóides: Inclui os cloretos (Cl); fluoretos (F); brometos (Br) e Iodetos (I) naturais.

exemplos: NaCl = halita CaF2 = fluorita

KCl = silvita


6) Classe dos carbonatos: minerais cujas fórmulas químicas incluem o radical carbonato, CO3.

exemplos: CaCO3 = calcita Cu2CO3 = malaquita

CaMg(CO3)2 = dolomita Cu3(CO3)2(OH)2 = azurita

BaCO3 = witherita.

7) Classe dos nitratos: Minerais que såo considerados como sais de ácido nítrico e contêm o Radical NO3.

exemplos: NaNO3 = nitro de sódio ou salitre do Chile

KNO3 = nitro ou salitre

8) Classe dos boratos: Contém o radical BxOy.

exemplos:Na2B4O7.10H2O = Bórax (medicina,metalurgia,abrasivo).

NaCaB5O9.8H2O = ulexita "bolas de algodåo"

9) Classe dos fosfatos: minerais que apresentam o radical PO4

exemplos: (Ce,La,Y,Th)PO4 = monazita

MgAl2(OH)2PO4 = lazulita

Ca5(F,Cl,OH)PO4 = apatita

CuAl6(PO4)4(OH)82H2O = turqueza.


10)Classe dos sulfatos: minerais que apresentam o radical SO4.

exemplos: BaSO4 = barita CaSO4.2H2O = gipsita.

CaSO4 = anidrita

11)Classe dos tungstatos e molibdatos: apresentam o radical tungstato, WO4 ou molibdato MoO4.

exemplos: (Fe,Mn)WO4 = wolframita PbMoO4 = wulfenita

CaWO4 = Scheelita

12) Classe dos silicatos:

É a classe de maior importância pois cerca de 25% dos minerais conhecidos e 40% dos minerais mais comuns são silicatos. Com poucas exceções, pode-se dizer que todos os minerais que formam rochas ígneas são silicatos e que estes constituem mais de 90% da crosta terretre.

De cada 100 átomos na crosta terrestre,62,5 são de O

21,2 são de Si

6,5 são de Al

2,2 são de Fe, Ca, Mg, Na, K.

A estrutura fundamental dos silicatos são os tetraedros constituídos de 1 átomo de silício rodeado por 4 átomos de O o que lhes dá uma carga total possível de -4. Eventualmente, o átomo de Si pode ser susbtituído por um átomo de Al, formando um tetraedro com uma carga total de -5.

Cada íon de oxigênio tem a capacidade de ligar-se a outro íon de silício e de entrar em outro agrupamento tetraédrico, unindo-se assim, tetraedros diferentes através de 1 oxigênio compartilhado. Entretanto, não se observa na natureza, 2 ou 3 oxigênios sendo compartilhados por apenas dois tetraedros. A ligaçåo de tetraedros pela participação dos oxigênios é chamada de polimerização e a capacidade de polimerização da orígem a uma grande variedade de estruturas de silicatos.

Dependendo do grau de polimerização e da amplitude da participação do oxigênio entre os tetraedros, a estrutura dos silicatos pode consistir em tetraedros independentes, em grupos tetraédricos múltiplos, independentes, cadeias duplas ou faixas, folhas ou armações tridimensionais, o que proporciona uma classificação especial para os silicatos. http://www.geocities.ws/fundamentos_geologia/discentes.html

http://www.geocities.ws/fundamentos_geologia/classifmin.html




Como os tetraedos de silicio podem estar distribuidos (organizados) em silicatos?

Empacotamento dos íons de O com  átomos de Si nos interstícios tetraedrais e Me nos octaedrais https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=63568

Por vezes, os tetraedros se juntam em cadeias, cadeias duplas, folhas ou em estruturas tridimensionais.

Resultado de imagem para tetraedros de silicio silicatos?Resultado de imagem para tetraedros de silicio silicatos?Resultado de imagem para tetraedros de silicio silicatos?


 Dureza e escala de de Mohs


Escala de Mohs quantifica a dureza dos minerais, isto é, a resistência que um determinado mineral oferece ao risco, ou seja, à retirada de partículas da sua superfície. O diamante risca o vidro, portanto, é mais duro que o vidro.

Escala de Mohs quantifica a dureza dos minerais, isto é, a resistência que um determinado mineral oferece ao risco, ou seja, à retirada de partículas da sua superfície.

O diamante risca o vidro, portanto, é mais duro que o vidro. Esta escala foi criada em 1812 pelo mineralogista alemão Friedrich Vilar Mohs com dez minerais de diferentes durezas existentes na crosta terrestre.

Atribuiu valores de 1 a 10. O valor de dureza 1 foi dado ao material menos duro da escala, que é o talco, e o valor 10 dado ao diamante que é a substância mais dura conhecida na natureza.

Esta escala não corresponde à dureza absoluta de um material. Por exemplo, o diamante tem dureza absoluta 1.500 vezes superior à do talco. Entre 1 e 9, a dureza aumenta de modo mais ou menos uniforme, mas de 9 para 10 há uma diferenças muito acentuada, pois o diamante é muito mais duro que o coríndon (ou seja, que o rubi e a safira).[1]

Dureza Mineral Fórmula química Dureza absoluta Imagem
1 Talco (pode ser arranhado facilmente com a unha) Mg3Si4O10(OH)2 1 Talc block.jpg
2 Gipsita (ou gesso) (pode ser arranhado com unha com um pouco mais de dificuldade) CaSO4·2H2O 3 Gypse Arignac.jpg
3 Calcita (pode ser arranhado com uma moeda de cobre) CaCO3 9 Calcite-sample2.jpg
4 Fluorita (pode ser arranhada com uma faca de cozinha) CaF2 21 Fluorite with Iron Pyrite.jpg
5 Apatita (pode ser arranhada dificilmente com uma faca de cozinha) Ca5(PO4)3(OH-,Cl-,F-) 48 Apatite Canada.jpg
6 Feldspato / ortoclásio (pode ser arranhado com uma liga de aço) KAlSi3O8 72 OrthoclaseBresil.jpg
7 Quartzo (capaz de arranhar o vidro. Ex.: ametista) SiO2 100 Quartz Brésil.jpg
8 Topázio (capaz de arranhar o quartzo) Al2SiO4(OH-,F-)2 200 Topaz cut.jpg
9 Corindon (capaz de arranhar o topázio. Exs.: safira e rubi) Al2O3 400 Cut Ruby.jpg
10 Diamante (mineral mais duro que existe, pode arranhar qualquer outro e é arranhado apenas por outro diamante) C 1600 Rough diamond.jpg



O que é clivagem (exemplifique)